Enoturismo no Vale dos Vinhedos, uma viagem para brindar a vida! 

Enoturismo no Vale dos Vinhedos, uma viagem para brindar a vida! 

Viajar é, sem dúvida, um dos maiores prazeres da vida.

Descobrir novas paisagens, novos aromas, novos sabores e novas culturas, são experiências que ficam para sempre na nossa memória.

E se você pudesse desfrutar de todas estas emoções com uma bela taça de vinho na mão? 

Prepare-se para conhecer uma região que respira vinho!

Vamos te apresentar o Enoturismo no Vale dos Vinhedos e o Enoturismo em Gramado de um jeito que você nunca viu.

Faça as malas e embarque com a gente nessa aventura repleta de vinhedos, vinícolas, gastronomia, arte e história!  

Enoturismo no Vale dos Vinhedos, por onde começar?   

Primeiro, é importante frisar que o Vale dos Vinhedos está localizado no Rio Grande do Sul, na Serra Gaúcha, e é composto por três cidades: Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi.

A maior parte do Vale está na Capital Nacional do Vinho, em Bento.

Mas os municípios vizinhos também valem a visita, principalmente se você busca uma verdadeira imersão de Enoturismo no Vale dos Vinhedos.  

As hospedagens da região são variadas.

Você vai encontrar desde hotéis 5 estrelas, Spa, pousadas charmosas, até hotéis mais simples e econômicos.

Os aplicativos como Airbnb também oferecem casas e apartamentos para quem busca o conforto de um espaço completo.  

Escolhida a hospedagem, é hora de traçar um roteiro incrível de Enoturismo no Vale dos Vinhedos!

Ahhh, e por falar nisso, é bem importante dispor de um carro ou de motorista particular para passear por lá.

Não é possível fazer a rota a pé, pois são 82 quilômetros quadrados e, muitas vezes, os locais que você pretende ir estarão beeem distantes um do outro.  

Harmonização de vinho com queijos e salames em Gramado

Enoturismo no Vale dos Vinhedos, quando ir?   

A bem da verdade: em qualquer época do ano!

Fazer Enoturismo no Vale dos Vinhedos ou Enoturismo em Gramado, (veremos detalhes mais adiante) é lindo nas quatro estações.  

No verão, você verá os vinhedos verdejantes, carregados de uvas.

Poderá desfrutar de todas as experiências, inclusive a mais concorrida delas, a Pisa das Uvas!

Muitas vinícolas oferecem este passeio durante o período da vindima, que geralmente ocorre de janeiro a março.

É um resgate da tradição, uma vivência espetacular que, se você tiver a chance, precisa fazer! 

Vai viajar, mas não será no verão?

Fica tranquilo que tem uma vinícola em Gramado que oferece a Pisa das Uvas o ANO INTEIRO!

Quer descobrir qual é?

Segue com a gente por aqui para saber tudo sobre o Enoturismo no Vale dos Vinhedos e o Enoturismo em Gramado.  

Mas, voltando a falar das estações: Se você for no outono, a paisagem será igualmente deslumbrante.

As videiras perdem lentamente a cor, e vão adquirindo tons dourados que refletem a luz do sol.

Um verdadeiro espetáculo da natureza que você vai querer contemplar e fotografar!  

Comprou a passagem para o inverno?

Que delícia!

O Enoturismo no Vale dos Vinhedos durante os meses frios é um convite para servir uma generosa taça de vinho e degustar as delícias típicas italianas.

Nesta época, as videiras estão na fase da dormência, ou seja, sem folhas, se resguardando para a próxima safra.

No entanto, não se engane!

O cenário permanece exuberante.

A fumaça das lareiras sai pelas chaminés e deixa no ar aquele cheirinho de lenha que é quase um abraço quentinho. Você vai se apaixonar! 

Por fim, a gloriosa primavera.

Se você programou as férias para aproveitar durante os dias mais coloridos do ano, vai poder ver de perto o renascimento das videiras, as folhas brotando, a natureza se renovando!

Na primavera as temperaturas são bem agradáveis, um convite para desfrutar de um vinho rosé sem pressa enquanto recarrega as energias para seguir o seu roteiro.  

Viu, só?

Fazer Enoturismo no Vale dos Vinhedos é sempre uma ótima escolha! 

pique nique em Gramado e Canela com vinhos

Enoturismo no Vale dos Vinhedos, o que fazer?  

A primeira coisa que vem na cabeça quando falamos em “enoturismo”, é o vinho, não é mesmo?

Só que, muuuito além de conhecer o processo que transforma uva em vinho, apreciar os aromas e degustar os sabores, o enoturismo proporciona uma imersão cultural genuína.  

Explorar as raízes de uma comunidade, sua memória, sua história, sua religiosidade, seu passado.

Tudo isso faz parte da viagem!

Por isso separamos 5 atrações especiais que você precisa conhecer na sua primeira ou próxima ida a Bento Gonçalves e região.  

1- Passear de Maria Fumaça e fazer uma viagem ao passado sobre os trilhos 

A famosa Maria Fumaça é um dos passeios mais procurados por quem faz Enoturismo no Vale dos Vinhedos.  

O roteiro é um trecho de 23 quilômetros entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, região conhecida pelos vinhos, queijos e outras iguarias.

Ao longo do percurso, os vagões do trem viram palco para apresentações de música, teatro e dança, tudo regado, é claro, com muito vinho, espumante e sucos de uva, que são oferecidos ao longo das estações pelas quais a Maria Fumaça passa.  

Certamente um regresso ao passado dos imigrantes italianos, responsáveis pela colonização desta região na Serra Gaúcha.  

2- Fazer um mergulho nas tradições ao visitar o Parque Temático Epopeia Italiana 

Um espetáculo cultural imperdível!

No Parque Temático Epopeia Italiana, você conhecerá a história real do casal Lázaro e Rosa, imigrantes italianos que enfrentaram diversos obstáculos quando chegaram ao Brasil.  

Ao longo da apresentação, você será guiado pelos personagens em meio a diferentes cenários, irá conhecer réplicas como a casa do Lázaro na Itália, o navio em que o casal viajou e a casa construída para viverem no Rio Grande do Sul.

Tudo isso degustando deliciosos biscoitos coloniais.

Vale muito a pena incluir este passeio no seu tour de Enoturismo no Vale dos Vinhedos.  

3- Se encantar com as construções dos Caminhos de Pedra 

Construções centenárias muito bem preservadas, restaurantes de comida farta, belezas naturais…

Os Caminhos de Pedra não podem faltar no seu Enoturismo no Vale dos Vinhedos.

Por lá, a história dos imigrantes italianos é contada através da arquitetura, das paisagens e dos costumes.  

Vá com tempo e aproveite para visitar o Parque da Ovelha, onde você poderá acompanhar a rotina de uma típica fazenda de ovinos. Um belo programa para toda a família!  

4- Visitar a Igreja Nossa Senhoras das Neves construída à base de vinho  

Sim, existe uma Igreja construída à base de vinho e ela está localizada no Vale dos Vinhedos. 

No início do século 20 uma forte estiagem castigou a região.

Com a falta d´água, os imigrantes utilizaram vinho misturado a palha de trigo para criar uma argamassa e cimentar os tijolos.  

Embora seja simples, a igreja é um marco e também um legado da colonização italiana, sua fé, criatividade e religiosidade.  

5- Se surpreender com a paisagem do Distrito de Faria Lemos  

Pois é, além das inúmeras atrações dentro da cidade de Bento Gonçalves, no Vale dos Vinhedos ou nos Caminhos de Pedra, há ainda um distrito surpreendente que vale a sua visita.

Ele se chama Faria Lemos.  

É uma espécie de vilarejo com uma paisagem magnífica, rodeada por vinhedos.

O conjunto de estabelecimentos dessa região é chamado de Rota Cantinas Históricas, onde a memória e os sabores de um povo são compartilhados com todos os viajantes que passeiam por lá.  

Enoturismo em Gramado com Pisa das Uvas o ano inteiro!  

Lembra que falamos mais cedo sobre uma vinícola que oferece a Pisa das Uvas o ano inteiro? 

Tcharãmmm estamos falando da Jolimont, é claro!

pique nique em Gramado e Canela com vinhos

Fazer Enoturismo em Gramado ficou ainda mais especial com essa novidade.

Agora, você não precisa mais esperar pelo verão, quando acontece a colheita da uva, para participar dessa festa!  

Diariamente centenas de turistas apaixonados por vinho, cultura e história, vivenciam na pele a tradicional Pisa das Uvas, além, é claro, de aproveitarem todas as opções de passeios disponíveis na Jolimont.  

Se você ainda não conhece, pre-ci-sa incluir no roteiro da sua viagem.

A Joli é simplesmente uma das vinícolas pioneiras na elaboração de vinhos na Região das Hortênsias.

Com rótulos premiados internacionalmente, oferece um enoturismo pulsante no belíssimo Vale do Morro Calçado.  

E o que falar das lojas Jolimont espalhadas por Gramado e Canela? 

Para muitas pessoas elas são a porta de entrada para o mundo mágico da vinícola, pois, depois de degustarem vinhos e espumantes deliciosos, todos querem conhecer de perto a Joli e suas belezas exuberantes.  

Aqui você vê a localização das lojas.

Haa, importante ressaltar que as degustações nas lojas são gratuitas!

pique nique em Gramado e Canela com vinhos

Fazer enoturismo em Gramado nunca foi tão fácil, não é mesmo? 

Basta uma caminhada pelas principais ruas da cidade para você esbarrar em uma loja da Jolimont e ser convidado a saborear vinhos maravilhosos.  

Então você já sabe: Aproveite o seu Enoturismo no Vale dos Vinhedos, mas não deixe de dar um pulinho para fazer Enoturismo em Gramado também!  

Natureza, gastronomia, vinhos, compras, parques temáticos e atrações exclusivas conquistam famílias inteiras por aqui. 

Sem falar na rede hoteleira impecável, com hotéis de até 6 estrelas.   

Não é à toa que a Serra Gaúcha está no ranking dos destinos mais visitados do Brasil.

Que tal viver todas estas emoções nas suas próximas férias? 

Estamos te esperando!  

Tim-tim!  

Perguntas Frequentes

1. Qual é a melhor época para fazer enoturismo no Vale dos Vinhedos?

O enoturismo no Vale dos Vinhedos é incrível durante todas as estações do ano.

Cada estação oferece uma experiência única, desde a Pisa das Uvas no verão até as paisagens douradas do outono e as lareiras aconchegantes do inverno.

2. É necessário ter um carro para explorar o Vale dos Vinhedos?

Sim, é altamente recomendável ter um carro para explorar o Vale dos Vinhedos.

A região é extensa, e muitos pontos de interesse estão distantes um do outro.

Ter um carro proporciona flexibilidade para aproveitar todas as atrações.

3. O que é a Pisa das Uvas?

A Pisa das Uvas é uma tradição onde os visitantes têm a oportunidade de participar da colheita das uvas de forma tradicional, pisando nas uvas para extrair o suco.

Esse ritual ocorre durante a vindima, período em que as uvas são colhidas.

4. Posso fazer enoturismo em Gramado?

Sim, Gramado também oferece oportunidades de enoturismo, especialmente na vinícola Jolimont. Além da Pisa das Uvas o ano inteiro, a vinícola proporciona degustações e experiências únicas para os visitantes.

Conheça os e-books da Jolimont!

Todos os e-books da Jolimont são para tornar tua experiência em Gramado e Canela a melhor possível. São guias de restaurantes, hotéis e passeios, tudo para te ajudar a programar a viagem perfeita.

CONHEÇA NOSSOS GUIAS

Fique atualizado! Receba nossas ofertas e novidades por e-mail!